Blog Certo Vestibulares

BLOG

A busca pela redação perfeita

A busca pela redação perfeita

                Para escrever o aluno deve ter a consciência das leituras que foram realizadas, ou seja, ler é vital para o processo de escrita. A leitura é fundamental para a produção do meu texto. A leitura deve se tornar um hábito. A busca por periódicos (jornais e revistas) deve ser frequente, assim como as leituras que fazem parte do contexto ENEM, no caso a Literatura Brasileira, que se soma à História, Geografia, Filosofia, História, disciplinas essenciais para a construção e realização do ato de pensar, elemento essencial para a sua argumentação.

            Na redação, é avaliada a capacidade do estudante na construção e no desenvolvimento do texto, utilizando a argumentação lógica de acordo com o tema proposto. A prova também exige do aluno conhecimento do mundo em que vive, abordando fatos do cotidiano. O Enem pede que o estudante elabore um texto dissertativo-argumentativo, no qual o assunto é baseado em questões sociais, políticas ou culturais. A banca também pede uma argumentação para um problema apresentado. A redação proposta pelo ENEM avalia cinco competências:

1) Domínio da língua culta: é a aplicação correta das normas gramaticais aprendidas durante a formação da vida escolar, como pontuação e concordância verbal. Neste item também é avaliada a capacidade de utilização de palavras ligadas ao tema proposto na prova;

2) Compreensão do tema: um dos pontos mais importantes de uma redação. Muitos alunos perdem nota porque o texto não corresponde à proposta apresentada. Por isso, é importante manter-se atualizado. Escrever sobre algo sem ter o mínimo conhecimento é desastroso;

3) Organizar informações e argumentos: é preciso saber organizar as ideias, apresentando uma interpretação dissertativa relacionada ao tema. Excesso de informação ao longo do texto torna a leitura cansativa e mostra falta de capacidade de argumentação.

4) Correta aplicação da lógica: coerência nos argumentos é fundamental. Reforce o estudo de advérbios e conjunções, palavras conhecidas como de coesão textual. Estes elementos fazem a ligação adequada entre os diversos termos de uma frase e entre os parágrafos.

5) Construir uma proposta de solução para o problema: a argumentação do estudante deve ter como objetivo apresentar possíveis soluções para uma questão abordada pelo tema. A utilização correta de opiniões, argumentos, informações e dados ao longo do desenvolvimento dão subsídios para a elaboração da conclusão.

Saiba que o seu texto deve ser lapidado, polido, cuidado. Torne a leitura um hábito, assim como a escrita.


SergioSérgio A. Sant’Anna: Graduado em Letras - Lingüística, Gramática e Literaturas. Pós-Graduado em Linguística e Análise do Discurso. Prof. de Língua Portuguesa na Escola São Marcos. Prof. de Português, Redação e Atualidades do Certo Vestibulares. Jornalista (MTE-0064281).